Veja também O mundo inteiro em:
http://naiane-julie2.blogspot.com

domingo, 3 de janeiro de 2016

Como o trem, como o tempo




O trens são como a linha do tempo
Tão constantes e sempre em frente
São como o vento, e agora
Esse trem é como a vida
que deixamos para trás
e que não voltará mais.

Como será bonita a lembrança quase sonho
que um dia teremos
Ela ficará tão ofuscada pelo tempo
que ficará difícil distingui- la
dos devaneios.
Como o trem, como o tempo...

03/01/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário