Veja também O mundo inteiro em:
http://naiane-julie2.blogspot.com

sábado, 4 de julho de 2015

Infinito particular

google imagens


Eu não te vejo mais, mas para mim nada mudou
Aquele olhar... aquele último e único olhar
Significou tudo.
O fim não foi nada
perto daquele olhar.

Isso é o mais interessante da vida
Essa distorção do importante,
Como as coisas mais insignificantes para alguns
podem ser nossa maior lembrança..
Mas não apenas a lembrança
mas também tudo o que ela traz à tona.

A loucura da vida.
A brevidade da vida
Os momentos mais inesquecíveis
de tão surreais...
como aquele olhar.

Eu tentei evitar
E agora ele é o meu infinito particular.

Julho/2015