Veja também O mundo inteiro em:
http://naiane-julie2.blogspot.com

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Segunda chance

   
google imagens

Se eu pudesse destrinchar os universos 
e dizer ao que é reverso:
- Encaminhe- me a uma só luz!

Se eu pudese resistir a tantos versos
esquecer o que é incerto
e sozinho se produz

Eu seria o mesmo ser que tanto vejo
Também com medos e desejos
E quem sabe alguma dor

Mas longe estaria de tantos precipícios
Constantemente a correr riscos
Sem entender qual o valor

Se eu aprendesse a caminhar com a humanidade
Estar alheio à boa vontade
Desagregado do amor

Seria olhos mais fechados
Coração menos dilacerado
Mas incompleto no final

Se eu pudesse, talvez escolhesse
- Exatamente igual.



(Poesia de 2009- Naiane Julie)

domingo, 19 de janeiro de 2014

A espera


 


Esperar é um sofrimento bom - discordo de que seja inerte (esforço- me para que não seja). É como a caminhada do alpinista rumo ao topo da montanha. A resignação. No topo da montanha o céu não é o mesmo. No topo da montanha pode existir um dinossauro, uma clareira posta do céu, uma orquídea não descoberta ou algo que vire uma relíquia. Meu Deus são tantas suposições! E essas intensas figuras mentais empurram- me com força, são intervalos que contêm este gosto- futuro-fascínio e essa espera.... que espreita... que sela.

sábado, 18 de janeiro de 2014

Espelho da alma

                Ele entrou no bar, numa noite fria de setembro, a encontrou entre seus próprios desejos, encobertos por algumas doses de absintho. Ele sentou-se, após passos lentos, no espaço entre espelhos, para enxergar o mesmo ardor que já era seu mesmo antes de se encontrarem, o ardor de quem deseja esquecer completamente para depois lembrar infinitamente.
             Ela disse ainda olhando para a frente: - Hoje é um dia especial e diferente, hoje acordei mais cedo e conseguí por alguns m,inutos olhar-me no espelho... e isso, acredite, mudou tudo...
Após algumas doses, seus medos não eram mais tão fortes, qualquer sentimento forte de alegria ou de tristeza eram turvos e cinzentos, não eram mais impactantes, e então ela pode entregar-se à pouca luz e ao vento, e mesmo aos ventos da alma, pois já não eram mais tão frios.
         Então ele veio com a frase com o significado que paira em toda mente diariamente,
       - Amanhã haverá um novo momento de encarar de olhos abertos as formas, as cores, os movimentos... o reflexo quase idêntico.. no espelho...
 ... e como para se redimir:
         - Mas tudo bem, por que importar-se com o dia que não amanheceu?
            E então ela fixou os olhos em um ponto qualquer e teve medo ao lembrar-se daquele espelho cheio de reflexos de si mesma e do quanto é possível suportar saber a verdade...

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Fábrica



Fábrica - Legião Urbana

..."De onde vem a indiferença
temperada a ferro e fogo?"...

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Alegria na tristeza




Tenho a impressão que compreendo melhor a tristeza do que a alegria, é uma sensação um tanto estranha, mas eu a entendo, eu sei o que ela quer dizer, e é a verdade- e a verdade me inspira. Então, começo a observar o quanto a alegria pode ser falsa e pode ser apenas a tentativa de alegria e de felicidade. Ela é boa, quando é a verdade. Mas a verdade em geral é mais profunda. Dessa forma, existe uma espécie de alegria do esclarecimento nos sentimentos mais intensos e dolorosos. É difícil admitir, eu sei que é difícil aceitar a natureza da vida.

 Naiane Julie

"Torna-te quem tu és."


"A verdadeira escolha, a plena escolha, só pode florescer sob o clarão da verdade."
(Nietzsche)