Veja também O mundo inteiro em:
http://naiane-julie2.blogspot.com

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Transitório


Sinto hoje o quanto a vida parece ser
Um sonho impossível de concluir
de melhorar,
findar.
O quanto a natureza transitória das coisas
lembra-nos todos os dias
 que todas as janelas 
que vamos espiar na queda
serão diferentes.
Só que no final... no final não pensamos muito
E por isso sofremos
com os vidros embaçados.
Não quero me agarrar a nenhuma janela
porque sei... uma hora ou outra as mãos escorregam,
quero sentir o vento e a velocidade
pelo menos assim saberei
quanta verdade eu posso suportar.


Naiane Julie
20.04.2012



2 comentários: