Veja também O mundo inteiro em:
http://naiane-julie2.blogspot.com

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Eu te amo

             Ela entrou devagar enquanto ele dormia, olhou para ele enquanto a respiração estava fraca e os sonhos fantasiavam mil estórias. Ela foi na ponta dos pés até a estante, pegou a agenda que guardava e escreveu: Amar é ter prazer até mesmo em ver a pessoa amada dormindo, serenamente. O significado está neste pequeno ato trazer uma satisfação imensurável, paz e gratidão.

            Ele escreveu uma carta longa e cansativa, dizendo todas as palavras mais doces e belas que encontrou, mas ela leu correndo, esperando as últimas, as que diziam tudo.

          Ela foi conhecer a pirâmide de Quéops, o Farol de Alexandria, os jardins suspensos da Babilônia, a estátua de Zeus em Olímpia, o templo de Ártemis em Éfeso, o mausoléu de Halicarnasso, o Colosso de Rodes.  Então, voltou pra casa e percebeu... nenhum lugar e nenhuma beleza é tão deleitosa se não for  compartilhada com a pessoa que te torna completo.

        Sem idealizações - ou com idealizações (?) - , sem conto de fadas, mas talvez com príncipe encantado, não sei o que buscamos dentro destas letras confusamente maiores em peso que em número. Mas, a busca existe,  a busca das palavras que tem a melhor e mais significativa forma: Eu te amo.
   
      Uma vez ouvidas, elas batem em qualquer canto nunca explorado, é sempre como se fosse a primeira vez ouvida, e esse lugar inóspito e escuro, toma cor, fôlego e compasso, começa a dançar a dança infinita e perdida no palco
... a dança não precisa parar....


    

Naiane Julie

Nenhum comentário:

Postar um comentário