Veja também O mundo inteiro em:
http://naiane-julie2.blogspot.com

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Um sonho de criança



Desde criança tenho um sonho, que eventualmente vem me visitar. Nele estou num penhasco de braços abertos, só se vê o céu, árvores, verde e azul. Olho para baixo, respiro fundo... e me jogo. Pouco antes de chegar ao chão, meu corpo emerge do vazio, como um vento me puxando, subo em uma altura assustadora, mas não pra um sonho, por isso, não me assusto. Desvio das árvores e depois, passo por entre as nuvens. Poderia ignorá- lo se ele vez por outra não acontecesse de novo. É sempre o mesmo lugar, sempre o mesmo sonho. Ele me importa por ser inspirador. E eu penso que é bom ter um sonho de criança me acompanhando, me faz lembrar da fragilidade que todos nós temos. É frágil ser um adulto com um sonho de criança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário